O ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou nesta sexta-feira, 4, o aporte de mais R$ 4,3 milhões para o sistema de saúde do Paraná custear cinco ambulâncias do Samu e serviços da atenção hospitalar em Curitiba e região metropolitana. “São importantes recursos que se somam ao amplo investimento que o Governo do Paraná vem fazendo na área nos últimos anos. Reforçam as boas parcerias entre a União, o Governo do Estado e as prefeituras.  O Paraná é o Estado que mais investe em saúde no Brasil”, afirmou a vice-governadora Cida Borghetti que participou do ato junto com prefeito Rafael Greca

Segundo o ministro da Saúde, o governo federal aplicou cerca de R$ 445 milhões no Paraná nos últimos doze meses. “O nosso objetivo é melhorar, ampliar e qualificar o acesso aos serviços de saúde. Com o apoio dos gestores locais, estamos conseguindo avançar com um diálogo bem aberto e transparente, ampliando os serviços da saúde pública e beneficiando, principalmente, a população”, disse Ricardo Barros.

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, destacou a importância nos investimentos dos municípios da região metropolitana, ao afirmar que a liberação desses recursos valoriza a saúde metropolitana da Grande Curitiba. “Agradecemos a ampliação, pois os novos leitos aliviam para a clientela das UPAs de Curitiba e da Maternidade Bairro Novo “, disse.

Foram liberados R$ 1,1 milhão para habilitar cinco ambulâncias do Samu em Pinhais (2), Piraquara (1) e Colombo (2) e R$ 3,2 milhões para ampliar e qualificar os serviços da atenção hospitalar e média e alta complexidade em Campo Largo, Curitiba e São José dos Pinhais. Com a habilitação serão aportados R$ 4,3 milhões por ano aos municípios para auxiliar no custeio das ambulâncias e de leitos que já estavam em funcionamento.

(foto: ANPr)