O prefeito Rafael Greca recebeu, na tarde desta terça-feira (7/11), a visita do Grande Mestre da Antiga e Mística Ordem Rosacruz, Hélio de Moraes e Marques. A visita teve o objetivo de anunciar a ampliação do Museu Egípcio, mantido pela instituição junto ao seu templo no bairro Bacacheri.

A partir de outubro de 2018, o local contará com um novo prédio e a coleção Tesouros de Tutancâmon. “Eles fizeram um intercâmbio com o Museu do Cairo para trazer a Curitiba mais exposições da tradição egípcia”, destacou Greca. “Até 2018 pretendem enriquecer o museu com essa coleção de réplicas referentes ao Faraó Menino, que reinou dos oito aos 18 anos”, completou.

Fundação Cultural de Curitiba

O Museu Egípcio já conta com grande acervo de peças do país do Oriente Médio. A mais importante delas é a múmia original de uma dama egípcia chamada Tothmea, que fica em uma sala especialmente projetada. Apenas em julho deste ano o museu recebeu 10 mil visitantes.